Segunda-feira, 16 de Outubro de 2006

AMIOSO a nossa Aldeia sede da ACRAMIOSO

 

A Minha Aldeia

Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver no Universo....

Por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer Porque eu sou do tamanho do que vejo

 E não, do tamanho da minha altura...

Nas cidades a vida é mais pequena

Que aqui na minha casa no cimo deste outeiro.

Na cidade as grandes casas fecham a vista a chave,

Escondem o horizonte, empurram nosso olhar para longe de todo o céu,

Tornam-nos pequenos porque nos tiram o que os nossos olhos nos podem dar,

e tornam-nos pobres porque a nossa única riqueza é ver.

 

   Alberto Caeiro, em "O Guardador   de Rebanhos".

(Fernando Pessoa)

 

publicado por Acramioso às 19:38

link do post | comentar | favorito
|

AcramiosoActividades deste Ano


Acramioso Venha conhecer-nos

Acramioso seguir perfil

Acramiosopesquisar

 

AcramiosoAbril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Acramiosoùltima noticias

Acramioso ...

Acramioso AMIOSO a nossa Aldeia sed...

Acramioso ACRAMIOSO

Acramiosoarquivos

Acramioso Abril 2009

Acramioso Outubro 2006

blogs SAPO

Acramiososubscrever feeds